A psicologia das cores aplicada ao Marketing e Nas Vendas

A psicologia das cores aplicada ao Marketing e Nas Vendas

Como a psicologia das cores explica as evidências de que as cores afetam nosso comportamento? É o que você vai ver neste artigo que pretende abordar aspectos da personalidade que podem ser revelados de acordo com as suas preferências por determinada cor.  

Estudos demonstram que por trás do comportamento das pessoas existe uma relação entre as cores e as sensações. Esta relação não é absoluta; as sensações que as cores provocam são diferentes para cada indivíduo.  

O que é a cor 

A cor é uma compreensão visual que transmite impressões para o sistema nervoso.  E essa compreensão depende de alguns fatores, sendo um deles a luz que incide sobre os pigmentos de cor. Portanto, as cores são uma resposta da luz que incide sobre os objetos.  

Qual é a cor do céu 

Imagine-se abrindo uma janela num dia ensolarado. E imagine uma paisagem com céu azul e campos verdes. Agora imagine essa mesma paisagem num dia nublado. Você sabe que o céu é azul, mas nesse momento ele lhe parece cinzento, porque a luz do Sol que está incidindo sobre a paisagem é escassa.  

Agora tente experimentar a sensação que o dia ensolarado provoca em você. Em seguida, imagine a paisagem nublada e tente imaginar a sensação que ele te faz sentir.  

Algumas pessoas vão ligar a paisagem nublada (cinzenta) com um sentimento de tristeza e até mesmo de opressão. Outras não terão uma percepção tão negativa, mas, mesmo assim, um jardim inundado de luz (e de cores vivas) provoca sensações diferentes das de uma paisagem cujas cores pareçam “mortas”.  

O fato de pessoas perceberem sensações diversas diante das cores deve-se às diferenças pessoais. Cada indivíduo dá uma resposta diferente às cores. Isso porque nossas emoções dependem também de outros fatores, como por exemplo, a cultura ou as preferências individuais. Nossas escolhas são influenciadas pelo nosso tipo de personalidade, pelas circunstâncias, pelas nossas vontades e até mesmo, pelos processos mentais do inconsciente. 

Cores que “modificam” você 

A psicologia das cores demonstra que todos nós possuímos uma escala de cores que é só nossa. É com essas cores que expressamos nosso temperamento, nosso humor, nossa imaginação e nossos sentimentos. 

Alguns estudos científicos levam a crer que quando nossos olhos são estimulados por diversas cores, o centro das nossas emoções é afetado diretamente. Talvez isso explique a fascinação que temos pelos fogos de artifícios nas noites festivas. Quem nunca se sentiu “modificado” depois de contemplar uma queima de fogos na virada do Ano?  

E por fim, a psicologia indica que não só nossas emoções são impactadas pelas cores, mas também nossos comportamentos e decisões.  

A psicologia das cores aplicada ao marketing 

Por tudo isso, pessoas ligadas ao marketing vêm estudando mais sobre as cores e como elas podem ajudar na tomada de decisão pela compra de um bem ou serviço. Pesquisas com consumidores apontam que algumas compras foram influenciadas pela cor do produto ou da embalagem.  

Apesar disso, é preciso cautela ao se afirmar isso categoricamente. Afinal, como já dissemos anteriormente, a emoção que a cor passa depende muito das experiências pessoais, o que envolve elementos tão diversos quanto a educação, as diferenças culturais, o contexto e as circunstâncias do momento. A mesma cor provoca sensação diferente numa mesma pessoa quando ela está num momento de euforia e quando ela está num momento, digamos, menos feliz.  

A psicologia das cores aplicada ao Marketing

O peso da cor  

Apesar de a cor não ser determinante na decisão de compra, ela tem um peso. E é esse peso que o marketing procura desvendar com estudos. Um desses estudos é o “Impact of color on marketing”, cujo propósito foi demonstrar que o uso prudente de cores, além de diferenciar os produtos entre os diversos concorrentes, também consegue influenciar o humor e os sentimentos das pessoas, seja de forma positiva ou negativa. O pressuposto é que os nossos humores e sentimentos são instáveis e, se as cores têm um papel na formação das nossas atitudes, então é fundamental que se compreenda a importância das cores no marketing para fazer com que os clientes se sintam estimulados a comprar. 

A conclusão do estudo foi de que, dependendo do produto, até 90% das decisões de compra foram tomadas por julgamentos irrefletidos, onde a cor funcionou como única base.  

A cor reforça a personalidade da marca 

Um outro estudo, o “Vermelho emocionante e azul competente: a importância da cor no marketing” também conclui que as cores afetam de forma bastante significativa uma intenção de compra, devido ao impacto que as cores têm sobre a percepção da marca. A cor influencia o modo como os consumidores entendem a personalidade da marca, ou seja, há um “casamento” da cor e da personalidade da marca que ajudam o consumidor a decidir pela compra do produto. 

Como usar a cor para incrementar suas vendas 

Apesar de as cores “produzirem” sentimentos diferentes em indivíduos diferentes, há certo padrão que pode ser absorvido pelas pessoas que trabalham com marketing e pretendem incrementar suas vendas. Vejamos o que dizem esses padrões: 

  • Mais de 90% dos consumidores admitem que os aspectos visuais do produto fazem diferença na hora da compra; 
  • Um índice um pouco menor (cerca de 80%) afirma que se uma marca possui as mesmas cores de sua preferência, elas se lembrarão da marca; 
  • Quase metade dos consumidores online (42%) confirmam que a decisão de comprar leva em consideração as cores e o design do site. 

Entenda o desejo do consumidor 

Quando a neurologia lança um olhar científico sobre o marketing, ela consegue desvelar alguns segredos da mente dos consumidores, como por exemplo, que tipo de estímulo externo é suficientemente bom para que ele se sinta motivado a consumir algo. E pode-se dizer que a cores encaixam-se num desses estímulos. Por isso, a universidade americana Baylor College of Medicine realizou um experimento para demonstrar como o cérebro interpreta as tonalidades das cores. Através do mapeamento de áreas do cérebro, que conduzem o comportamento humano, conseguiu-se chegar a um resultado que pode ser considerado um padrão e que pode ajudar no incremento das vendas e do marketing. Veja os resultados: 

  • Vermelho – é uma cor usada com bastante frequência em anúncios publicitários já que transmite sensação de energia e vigor. Prende a atenção, aumenta a pressão sanguínea. Por ser estimulante e motivadora é indicada para anunciar artigos que remetam ao calor e à energia, como artigos técnicos e de ginástica. 
  • Laranja – As mesmas indicações do vermelho, mas com efeitos mais sutis. Geralmente utilizada para estimular o consumo em restaurantes e bares, já que sua cor atua no centro da fome.  
  • Amarelo – A mais contraditória de todas as cores, pois pode indicar clareza de pensamentos, inteligência, comunicação, alegria e força. Mas, também está relacionada a sentimentos negativos como inveja, covardia e traição. O amarelo representa o Sol e o ouro, e portanto, associa-se com o triunfo e o poder. Indicada para anúncios que indiquem luz. Aconselhável o seu uso para superfícies pequenas. 
  • Verde –  Equilíbrio é o dom do verde. Por isso, apesar ser estimulante, versátil e indicar simpatia e renovação, não é uma cor muito usada comercialmente. A sensação de equilíbrio e repouso não condiz muito com o “call to action” imprescindível ao marketing. Dizem ainda que o verde é a cor da esperança. É indicada para passar sensações de frio; em artigos que se relacionem à vegetação, natureza, vida saudável, lógica, frescura, crescimento e juventude. Anunciam muito bem produtos que precisem passar a ideia de frescor, como cremes dentais e produtos de menta. 
  • Azul – Costuma ser ligado à calma e à inteligência. É a cor do céu remete a emoções profundas e eternas. Embora seja a cor mais fria, é também a que mais atrai pessoas. Muito utilizada para embalagens de alimentos que necessitam de refrigeração ou congelamento. 
  • Roxo – Cor da espiritualidade, da contemplação. Remete à sabedoria, à filosofia e à sofisticação.  Pela sua ligação com a espiritualidade é bastante utilizada em artigos religiosos e funerários. Transmite profundidade e experiência. 

A psicologia das cores aplicada ao Marketing e Nas Vendas

Por essas e outras, quando você estiver criando a marca do seu site ou produto, tenha em mente que a escolha das cores vai ser um dos fatores que podem levar ao sucesso das vendas. Ou ao fracasso.  

Reflita sobre isso.

O Formula Negócio Online => é o melhor treinamento para começar um negócio na internet!

  Por que?

 Porque é o passo a passo que uso para ganhar mais de R$ 12.000 por mês na internet!

O caminho mais simples e eficiente para começar seu Negócio Automático!

 Um plano de 30 dias para ganhar 10 Mi Por Mês! Comece Aqui => Pagina Oficial do Curso Formula Negócio Online 

Artigo:
Postado em:
Titulo:
A psicologia das cores aplicada ao marketing - Partida Digital
Classificado Como:
5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =